Peça Teatral - AS MESAS GIRANTES - Companhia LABORO - SESSÃO 17h30

sábado, 08 de julho de 2017


ProdutoValorQtd.
INTEIRA
Ingresso INTEIRA para Peça Teatral "AS MESAS GIRANTES"
30.00
MEIA (Lei de Meia-Entrada)
Ingresso MEIA para Peça Teatral "AS MESAS GIRANTES"
15.00
MEIA* (1Kg de alimento não perecível)
Ingresso MEIA* para Peça Teatral "AS MESAS GIRANTES" *válido mediante entrega de 1kg de alimento não perecível na entrada na atração.
15.00





SERVIÇO:

Dia 08 de julho 

Sessão: 17h30

Onde: Auditório da Administração do Guará, Qe 4 Bloco A-4 (Ao Lado da Feira do Guará)

Ingressos: 

R$ 30,00 (Inteira)
R$ 15,00 (Meia - Lei de Meia-Entrada)
R$ 15,00 +1 kg de alimento não perecível (meia) 


Formas de Pagamento: PagSeguro (Cartões de débito e crédito), Transferência identificada e dinheiro com João Mendonça (61) 9251-1914 ou SEDE FEDF Sudoeste



SINOPSE


Em cena uma trupe que relata as manifestações das mesas girantes, ocorridas no século XIX e que constituem como se refere Allan Kardec, no ponto de partida da Doutrina Espírita.

A pesquisa no processo de elaboração demonstrou ter o assunto um grande número de particularidades e percebendo que seria impossível esgotá-lo em uma hora, o grupo optou por narrar os fatos verídicos ocorridos com a Família Fox, Isaac Post, Sra. Hayden Sr. Rivail, sendo inserido o drama fictício de Madame Gerard.

A música cantada ao vivo vem embelezar as histórias narradas em composições dos próprios atores e outras já conhecidas dentro do movimento musical espírita.

Uma mesa e duas cadeiras, esta é a estrutura cenográfica da montagem que busca encontrar no próprio texto o sentido e a motivação para as marcações cênicas e a valorização da performance dos atores.

Com leveza e humor e espetáculo busca despertar o interesse sobre fatos que marcaram o início de uma nova fase para a humanidade: os desencarnados comunicando-se com os desencarnados.

"Há espíritos?" com a interrogação de Allan Kardec iniciamos a encenação. A resposta? Assista e verás.

Ficha Técnica
Texto: Adriano Alves
Figurinos: Neuza Alves, Adriano Alves
Cenário: Felício Alves
Músicas: Cia. Espírita Laboro, Movimento Espírita
Elenco: Marcos Aurélio, Daniela Tonidandel, Érica Veloso, Wadson Fernandes, Wellerson Fernandes


A COMPANHIA LABORO

O trabalho que a Cia. realiza procura efetivamente colaborar na cristianização da arte, divulgar o Espiritismo, auxiliar a espiritualização do ser humano. 

Nosso labor teve inicio em 1996. Três amigos movidos pelo ideal espírita resolvem criar um quadro cênico para narrar de forma leve e bem-humorada as manifestações das Mesas Girantes, ocorridas no século XIX que marcaram o início do grande movimento espiritual que mais tarde eclodiria na Codificação da Doutrina dos Espíritos.

A estruturação do grupo vei a partir de uma grande vontade, nascida no coração dos membros participantes, de aperfeiçoar e continuar o trabalho com o teatro espírita.

Novos integrantes vieram somar experiências e o grupo cresceu e durante sua caminhada teve a alegria de estar presente em várias cidades de Minas Gerais e em vários estados do Brasil.

Durante todos esses anos, a Cia. contou com a colaboração da Fraternidade Espírita Orvalho de Luz que gentilmente cede suas instalações para nossos ensaios.